Segurança

Worker painting a car

De que modo os nanomateriais afetam a saúde humana e o ambiente? Não existe uma resposta simples para esta pergunta. Embora os cientistas tenham adquirido muita experiência na avaliação da segurança e da toxicidade das substâncias químicas em geral, os nanomateriais continuam a colocar desafios e questões adicionais a nível técnico e científico.

Um tema quente de discussão entre os toxicólogos é se os nanomateriais exibem efeitos biológicos específicos nos humanos e no ambiente que não se observam nas substâncias químicas em geral.

Os nanomateriais constituem um grupo muito heterogéneo de substâncias químicas. Por essa razão, é difícil fazer  afirmações de caráter geral sobre os nanomateriais e estes têm de ser considerados caso a caso como qualquer outra substância química.

É possível, contudo, fazer algumas generalizações. Por exemplo, o Comité Científico dos Riscos para a Saúde Emergentes e Recentemente Identificados (SCENIHR) da UE concluiu, já em 2006, que, para um nanomaterial facilmente solúvel, a toxicidade da forma convencional pode aplicar-se na maioria dos casos. Esta conclusão foi confirmada por outros comités/painéis científicos do Comité Científico da Segurança dos Consumidores (CCSC), da Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar (EFSA) e da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) nos seus pareceres mais recentes.

Também têm sido realizados importantes trabalhos para estudar os eventuais efeitos dos nanomateriais para o material genético contido nas células, incluindo o potencial mecanismo por detrás desse processo. Além disso, como resultado da experiência adquirida até agora no domínio dos nanomateriais, os cientistas propuseram novas abordagens para avaliar o seu possível risco. Os trabalhos neste domínio prosseguem, a fim de aumentar a nossa compreensão sobre a melhor forma de testar e avaliar  os possíveis perigos e riscos dos nanomateriais.

Categories Display